Notícias da área jurídica

30 de março de 2011, às 15h23min

Pleno reconhece direito de candidata de concurso público para juiz substituto

 
O Pleno do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) reconheceu, por maioria de votos, na sessão desta quarta-feira, 30, o direito de Angela Graziela Zottis para lhe ser atribuída nota diferente de zero em questão discursiva do concurso público do TJPA para provimento de vagas para o cargo de juiz substituto.  

A maioria dos desembargadores reconheceu que a nota da questão havia sido injusta, pois o edital do concurso previa que só podia ser atribuída nota zero, caso o candidato não enfrentasse a questão da prova, o que não ocorreu. O desembargador relator do mandado de segurança, Claudio Montalvão, ressaltou que a candidata não havia deixado de enfrentar a questão, mas apenas deixou de fazê-la adequadamente e que, por isso, deveria lhe ser atribuída nota diferente de zero.  Em seu voto, ele atribuiu nota de 0,25, a questão da prova da candidata, sendo acompanhado pela maioria dos membros da Corte.

Na mesma sessão, os desembargadores aprovaram ante projeto de lei, que dispõe sobre a revisão geral anual da remuneração dos servidores do Poder Judiciário do Estado do Pará. O ante projeto será encaminhado para aprovação da Assembléia Legislativa do Pará (ALEPA).
 

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Pará
Autor: Vanessa Vieira

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
26 de agosto de 2014, às 10h08min
Sentença do 2º Juizado Cível do Gama condenou loja de eletrônicos a honrar anúncio veiculado em período de liquidação e cumprir as ofertas a...
18 de agosto de 2014, às 09h16min
A 6.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região (TRF1) concedeu a um estudante de Goiânia/GO o direito de pagar mensalidades referent...
22 de agosto de 2014, às 09h46min
As comissões da Advocacia Corporativa, de Gestão Pública e Controle da Administração, de Ensino Jurídico, da Mulher Advogada, de Propriedade...
NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
04 de agosto de 2014, às 10h55min
"O ato da administradora de plano de saúde que, no estrito cumprimento das disposições contratualmente estabelecidas, promove a exclusão do ...
04 de agosto de 2014, às 10h37min
O Governo de Goiás e a Prefeitura de Goiânia foram condenados a pagar indenização por danos morais e estéticos – no valor de R$ 30 mil – a u...
04 de agosto de 2014, às 08h48min
Na 4ª Vara do Trabalho de Contagem, a juíza Cristina Adelaide Custódio condenou uma empresa de ônibus a pagar adicional por acúmulo de funçã...