Notícias da área jurídica

30 de março de 2011, às 15h23min

Pleno reconhece direito de candidata de concurso público para juiz substituto

 
O Pleno do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) reconheceu, por maioria de votos, na sessão desta quarta-feira, 30, o direito de Angela Graziela Zottis para lhe ser atribuída nota diferente de zero em questão discursiva do concurso público do TJPA para provimento de vagas para o cargo de juiz substituto.  

A maioria dos desembargadores reconheceu que a nota da questão havia sido injusta, pois o edital do concurso previa que só podia ser atribuída nota zero, caso o candidato não enfrentasse a questão da prova, o que não ocorreu. O desembargador relator do mandado de segurança, Claudio Montalvão, ressaltou que a candidata não havia deixado de enfrentar a questão, mas apenas deixou de fazê-la adequadamente e que, por isso, deveria lhe ser atribuída nota diferente de zero.  Em seu voto, ele atribuiu nota de 0,25, a questão da prova da candidata, sendo acompanhado pela maioria dos membros da Corte.

Na mesma sessão, os desembargadores aprovaram ante projeto de lei, que dispõe sobre a revisão geral anual da remuneração dos servidores do Poder Judiciário do Estado do Pará. O ante projeto será encaminhado para aprovação da Assembléia Legislativa do Pará (ALEPA).
 

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Pará
Autor: Vanessa Vieira

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
29 de outubro de 2014, às 12h45min
Os ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), por unanimidade, concederam o Habeas Corpus (HC) 123221 para absolver um co...
31 de outubro de 2014, às 18h34min
A 6ª Câmara de Direito Civil do TJ manteve decisão de comarca do Planalto Serrano que negou indenização em favor de um pai, assustado com a ...
31 de outubro de 2014, às 14h33min
Por tratar de forma irônica a condição de um juiz, uma agente de trânsito foi condenada a indenizar o magistrado por danos morais. Ele havia...
NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
27 de outubro de 2014, às 17h12min
A Justiça do Trabalho foi considerada incompetente para julgar ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho da Nona Regiã...
27 de outubro de 2014, às 16h23min
Um aluno foi condenado a indenizar em R$ 5 mil por danos morais o diretor da escola em que estudava, em Goiânia. Junto a outros amigos, o jo...
27 de outubro de 2014, às 16h37min
A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) foi condenada a indenizar em R$ 20 mil, por dano moral, um empregado acidentado no desab...